5 exemplos de Edifícios Capazes de Resistir aos Ventos

typhoon
Compartilhe
90 / 100
Illuminated Buildings
5 exemplos de Edifícios Capazes de Resistir aos Ventos

5 exemplos de Edifícios Capazes de Resistir aos Ventos

A resistência aos ventos é uma propriedade importante para qualquer edifício. Afinal, em algum momento da vida útil de um prédio, é provável que ele seja atingido por um vento forte. No entanto, nem todos os edifícios são igualmente resistentes aos ventos.

Alguns imóveis são mais capazes de resistir a essas condições adversas do que outros.

Arquitetura de diferentes tipos de edifícios

A arquitetura é a arte ou técnica de projetar e construir edifícios. A palavra “arquitetura” vem do latim “architectura”, que significa “engenharia”. A arquitetura é dividida em diversos tipos, cada um com suas características próprias. Alguns dos principais  são:

Residências: São os edifícios onde as pessoas moram. As residências podem ser unifamiliares (casas) ou multifamiliares (apartamentos).

Comerciais: São os edifícios com finalidades comerciais, como lojas, escritórios e galpões.

Industriais: São os edifícios destinados às atividades industriais, como fábricas e oficinas.

Públicos: São os edifícios de uso coletivo, como escolas, hospitais, bibliotecas e teatros.

Religiosos: São os edifícios destinados às atividades religiosas, como igrejas, mesquitas e templos.

Os estragos mais comuns  sob efeito de vento

Os ventos fortes podem causar diversos estragos, nao é somente uma questa de oscilação de prédios,desde pequenos danos em propriedades e veículos até grandes catástrofes. Alguns dos estragos mais comuns que os ventos fortes podem causar são:

• Arrancar telhados ou destruir outras estruturas de edifícios;

• Derrubar árvores ou postes de energia;

• Danificar veículos;

• Espalhar lixo e detritos;

• Dano Físico ou morte à pessoas;

• Causar incêndios florestais.

Os estragos mais comuns que os fortes ventos causam

Por isso, é importante tomar algumas precauções para minimizar os riscos de danos causados pelos ventos fortes, como:

• Manter as árvores bem podadas para evitar que elas caiam;

• Consertar rachaduras e outros danos nas estruturas das edificações;

• Guardar objetos que possam voar em locais seguros;

• Manter Janelas, portas e inclusive churrasqueiras fechadas e trancadas;

• Não estacionar veículos perto de árvores ou postes de energia.

• Fazer manutenções preventivas em vez de corretivas;

Os estragos mais comuns que os fortes ventos causam

Além disso, é importante ficar atento às previsões do tempo e se abrigar em locais seguros quando houver avisos de ventos fortes.

Alguns Edifícios capazes de resistir aos vento nas estruturas

A arquitetura moderna é capaz de criar edifícios que são resistentes aos ventos. Isso é importante em regiões que sofrem com Ciclones, tempestades ou furacões. Alguns dos tipos de edifícios mais resistentes aos ventos são:

Edifícios de Aço e Concreto: Edifícios feitos com aço e concreto são muito resistentes ao vento. O aço é um material flexível, o que significa que ele se deforma quando é atingido pelo vento, mas não se rompe. Já o concreto é um material rígido, o que significa que não se deforma quando atingido pelo vento, mas pode se quebrar. 

Edifícios de Vidro: Edifícios de vidro também são bastante resistentes aos ventos. O vidro é um material flexível, o que significa que se deforma quando atingido pelo vento, mas não se rompe. O que pode acontecer em geral são quedas de segmentos, folhas de vidro que são mal presas ou não foram aplicadas adequadamente ou ainda de baixa qualidade.

Edifícios de Alumínio: Edifícios de alumínio também são resistentes aos ventos. O alumínio é um material flexível, o que significa que se deforma quando atingido pelo vento, mas não se rompe.

Edifícios Geodésicos: Os edifícios geodésicos são estruturas de várias formas, como esferas e cúpulas. Eles são feitos de diversos materiais, como aço, alumínio e vidro. A principal vantagem dos edifícios geodésicos é que eles são extremamente leves e, portanto, resistentes ao vento.

Edifícios que se destacam na resistência aos ventos

Em um mundo em que os eventos climáticos extremos estão se tornando cada vez mais comuns, a resistência aos ventos é uma característica muito importante para os edifícios. E é por isso que muitos arquitetos e engenheiros estão buscando maneiras de melhorar a resistência dos edifícios aos ventos.

Existem várias maneiras de melhorar a resistência de um edifício aos ventos. Uma das maneiras é tornar o edifício mais aerodinâmico, o que pode ser feito diminuindo o tamanho e o número de superfícies expostas ao vento. Outra maneira de melhorar a resistência é aumentar a massa do edifício, o que pode ser feito usando materiais pesados ​​ou adicionando peso extra ao edifício.

Alguns dos edifícios mais resistentes aos ventos do mundo são o Empire State Building, em Nova York, o Sears Tower, em Chicago, Taipei 101, em Taiwan, o edifício Burj Khalifa em Dubai, e o Petronas Towers, em Cingapura. Todos esses edifícios têm características que os tornam mais resistentes aos ventos do que a maioria dos outros edifícios.

Estes são somente 5 exemplos,  que foram construídos com muita atenção  e têm suportado de forma bem-sucedida a força da natureza durante eventos extremos.

Modelagem computacional da estrutura do Edifício

5 exemplos de Edifícios Capazes de Resistir às Ventos

A modelagem computacional é uma ferramenta importante para a análise da estrutura do edifício. Com ela, é possível obter informações detalhadas sobre o comportamento da estrutura em resposta aos esforços externos, como vento e terremoto. Dessa forma, é possível identificar os pontos mais vulneráveis da estrutura e tomar medidas para garantir sua segurança.

Fator Topográfico e sua influencia no projeto de um edifício

A topografia do terreno é um dos fatores mais importantes a serem considerados no projeto de um edifício. A forma do terreno influencia diretamente na arquitetura do projeto, bem como na execução e custos das obras.

Por isso, é fundamental que o arquiteto conheça bem a topografia do terreno antes de iniciar o projeto. O levantamento topográfico é essencial para que seja possível definir a melhor forma de implantar o edifício no terreno, de acordo com as características do local.

O fator topográfico também interfere diretamente no escoamento das águas pluviais. É preciso fazer um estudo detalhado para verificar se o terreno tem condições de suportar o sistema de drenagem

Estudo de vibração de um edifício

A vibração é um dos problemas mais comuns em edifícios e pode causar danos ao edifício e aos seus ocupantes. A vibração pode ser causada por diversos motivos, incluindo vento, tráfego, terremotos e outros eventos sísmicos. A vibração pode ser medida usando vários métodos, incluindo análise espectral, análise modal e análise de resposta dinâmica.

Tecnologias para diminuir o impacto dos ventos nos edificios

A construção de edifícios resilientes ao impacto dos ventos é fundamental em regiões com altos níveis de incidência de fenômenos climáticos extremos. Com o objetivo de diminuir os danos causados pelos ventos, existem diversas tecnologias que podem ser utilizadas na construção de edifícios.

Uma das principais soluções é a utilização de painéis de vidro temperado, que apresentam maior resistência a impactos do que as janelas comuns. Outra solução é a instalação de cortinas horizontais nas janelas, que reduzem a área exposta às rajadas de vento.

Para edifícios mais altos, é importante contar com sistemas de ancoragem para evitar o desabamento em caso de ventania. O uso de materiais leves e flexíveis também pode diminuir o impacto dos ventos, uma vez que são menos propensos a serem danificados pelas rajadas.

Além disso, é importante manter as árvores e outros obstáculos a uma distância segura dos edifícios para evitar que os ventos os façam desabar. Por fim, é importante realizar a manutenção dos edifícios com frequência para garantir que estão em boas condições e não oferecem riscos à segurança das pessoas.

Quando um Edifício esta em construção o cuidado com a limpeza do prédio e a correta acomodação dos materiais é tão importante quando a obra em si, o construtor nao quer que nada saia voando pela avenida e acerte uma pessoa ou um bem.

Considerações finais

Portanto é importante entender que existem maneiras de preparar os edificios  antes de sua construção, no que tange a projeto, escolha de materiais, escolha de locais e zelo na construção, mas também e importante a manutenção correta e a constante preocupação dos proprietários com Janelas abertas, materiais soltos, e acompanhar sempre um canal de previsao do tempo.

typhoon -5 exemplos de Edifícios Capazes de Resistir às Ventos

Participe da discussão

Compare listas

Comparar
white concrete building
Mastodon